Grupo de Desenvolvimento

Clique abaixo e conheça os outros sites do grupo

Montagem do espaço dedicado aos índios simula uma tribo indígena dentro da 24ª FNA

Em um espaço de 23.000 metros quadrados divididos em 13 espaços, o visitante tem a opção de comprar produtos de 7.000 artesãos distribuídos em 1.200 stands.

A cenografia dessa edição é dedicada ao futebol e quem é amante do esporte poderá voltar ao tempo e reviver as glórias dos campeonatos desde a década de 30.

Um dos espaços já tradicionais na feira que estavam sendo finalizados é a área dedicada aos indígenas que este ano conta com uma cenografia que com certeza vai encantar a todos que passarem por lá.

Nádia Duque De Souza arquiteta e uma das responsáveis pela decoração, falou da importância do trabalho desenvolvido na área, “este é uma área especial da feira e nossa intenção é trazer os elementos da cultura indígena do Brasil para cá”.

Para o indígena Morea, da tribo Pataxó, da Reserva Mutari, em Coroa Vermelha, reserva Mutari, esta é uma boa oportunidade para nós. “Aqui podemos divulgar o artesanato e nossa cultura é o melhor que pode acontecer para nós”, disse.

Quem passar pelo espaço, além de poder adquirir produtos do artesanato indígena, terá a oportunidade de se sentir como se estivesse em uma aldeia. A recriação do ambiente conta até com uma cachoeira cenográfica que solta vapor. Quem quiser pode também participar do ritual de dança que acontece três vezes por dia.

A FNA acontece no Expominas em Belo Horizonte, e estará aberta à população de 04 a 08 de dezembro. Mais informações no site www.feiranacionaldeartesanato.com.br