Grupo de Desenvolvimento

Clique abaixo e conheça os outros sites do grupo

24ª Feira Nacional de Artesanato

A Feira Nacional de Artesanato (FNA), que acontece em Belo Horizonte, no Expominas, entre os dias 03 a 08 de Dezembro, sendo o dia 03, reservado somente a lojistas, é a maior vitrine do setor de artesanato do Brasil. O evento considerado o maior do gênero na América Latina, ocupará uma área de 23.000 mil metros quadrados, em 13 espaços, com destaque especial para a cenografia que ocupará 210 metros da lateral do Grande Pavilhão com a reprodução da história das grandes conquistas do futebol mundial, desde a década de 1930. O visitante será levado a um passeio pelo túnel da memória e da emoção. Também os espaços “Grande Pavilhão, Meu Primeiro Evento, Espaço Especial, Apex, Espaço Morro Feliz, Índios, Oficinas, sala Centro Cape, Show, Alimentação, Alameda, Homenageado. Os stands da 24ª FNA contarão com a presença internacional de países como Argentina, Uruguai, Alemanha entre outros.

Novidade a Exposição “Mulher Artesã Brasileira”, que aconteceu na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, no início de Setembro de 2013, teve o objetivo de divulgar a cultura e a economia brasileiras através da produção sustentável do artesanato brasileiro representado por 15 mulheres artesãs. A Exposição é uma iniciativa da Associação Brasileira de Exposição de Artesanato (ABEXA), com patrocínio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e apoio do Instituto Centro Cape, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos
(APEX – Brasil), da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência e do Governo Federal. Lojistas e exportação
O primeiro dia (03/12) é reservado apenas para lojistas e compradores na modalidade atacado, com o objetivo de fomentar negócios em um ambiente empresarial e otimizar o tempo. Cerca de cinco mil lojistas já se cadastraram.
Nesta edição, o Projeto Comprador, que é uma ação realizada dentro do convênio entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (Abexa), levará para o evento 15 compradores de várias partes do mundo. Já estão confirmados representantes do Canadá, Estados Unidos, Holanda, Bolívia, Japão, Suiça e África do Sul.

Tradição

O espaço indígena terá ampliação das etnias e novas tribos que estarão presentes, como, por exemplo, a Xerente (Tocantins), que somará as já tradicionais tribos como a Guarani (Rio Grande do Sul), Patacho (Bahia/Minas) e Umutina (Mato Grosso). O artesanato indígena contará com peças tradicionalmente produzidas com sementes, penas, madeira e fibras naturais. Nesta edição participam cerca de 70 indígenas de 23 etnias por toda arena multiuso do Expominas,
que contará também com uma cenografia diferenciada com imagens da natureza e representações da fauna e flora brasileiras.

Meu Primeiro Evento

Espaço a preço subsidiado para novos artesãos que desejam mostrar seu trabalho em uma grande feira do setor para aprender, na prática, como é a participação em eventos deste porte. Este ano houve ampliação do espaço do Projeto Meu Primeiro Evento, para artesãos/associações de outros estados, sendo 50 vagas para Minas Gerais e 50 vagas para o restante do país.

Projetos

A preocupação com a redução da emissão dos gases causadores do efeito estufa já faz parte das ações adotadas pela coordenação da Feira Nacional de Artesanato há cinco anos. A FNA adota o Projeto Carbono Zero, uma ação voluntária e responsabilidade socioambiental para neutralização do carbono, em 2 etapas: redução e cálculo das emissões e compensação.

Evento Cultural

A Feira Nacional de Artesanato faz parte do Calendário Brasileiro de Exportações e Feiras, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Também está classificada como evento cultural, através da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura. As atividades culturais têm atração para todo os gostos, entre eles o Samba, a MPB, a Seresta e o Maracatu e até uma Banda de Rock Alemã. O evento é apoiado pela Apex-Brasil e Abexa; patrocinado pelo SEBRAE, Petrobras, Banco do Brasil, Fundação Banco do  Brasil, Vale, Cemig, Governo de Minas, Fundo de Cultura Estadual, Codemig, Belotur e Prefeitura de Belo Horizonte. A 24ª FNA é realizada pelo Instituto Centro Cape (ICCAPE), Central Mãos de Minas, Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e Serviço Social da Indústria de Minas Gerais (SESI-MG).

Serviço:

24ª Feira Nacional de Artesanato
Data: 03 a 08 de dezembro
Local: Expominas: Avenida Amazonas 6.030 – Gameleira
Visitantes: 180 mil
Lojistas visitantes: 15 mil
Compradores Internacionais convidados: 15
Itens artesanais no evento: Cerca de 50 mil
Movimentação financeira: R$ 94milhões em 2012
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:
Dia 03/12 (terça-feira): de 12:00 hs às 22:00 hs ( exclusivo lojistas)
Dia 04/12 (quarta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs
Dia 05/12 (quinta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs
Dia 06/12 (sexta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs
Dia 07/12 (sábado): de 10:00 hs às 22:00 hs
Dia 08/12 (domingo): de 10:00 hs às 21:00 hs
PREÇO DO INGRESSO: R$ 10,00 de quarta a domingo

Para conhecer a programação completa acesse http://www.feiranacionaldeartesanato.com.br/