Grupo de Desenvolvimento

Clique abaixo e conheça os outros sites do grupo

Mulher Artesã Brasileira - Amazonas

No coração da Amazônia, entrevistamos a artesã Maria Marli das Chagas Oliveira, 50 Anos, da Comunidade Rural de São João de Ipecaçú – Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã (RDSA), município de Maraã.
Fundadora do Grupo de Artesãs do Coraci, desenvolve atividade de artesanato desde 2001. O grupo foi formado com objetivo de criar uma fonte de renda para as mulheres e ao mesmo tempo fortalecer a organização política das comunidades, estimulando o envolvimento efetivo das mulheres nas tomadas de decisão sobre o uso dos recursos naturais da área. Dona Marli produz teçumes (objetos artesanais para uso doméstico) feitos de uma fibra vegetal chamada cauaçu (Calathea lutea). O cauaçu é uma planta grande que pode atingir cinco metros de altura. São os talos desta planta que são usados para retirar as fibras para produzir o artesanato. A extração da matéria prima é uma atividade de risco, onde as artesãs enfrentam os perigos da floresta.


Foto: Maria Marli das Chagas Oliveira Crédito: Jayme Carvalho/Abexa